Natal Euzaria

Publicado em

Dia 25/12, 19:30. A ceia já estava na mesa, os presentes escondidos. Parte da família já estava reunida, a outra parte, chegava para começar a celebração. Não teve pinheiro iluminado, ou enfeitado, mas as árvores que rodeavam a praça Marechal Deodoro.  

01

Para a Família Euzaria, é sempre tempo de solidariedade. Essa foi mais uma noite de celebrar o amor ao nosso próximo e a gratidão pela vida! Pelo terceiro ano consecutivo, chegou a noite de fazer a ceia na rua.

02

As luzes que não iluminaram um pinheiro, transbordaram almas em sorrisos verdadeiros. Os abraços reais, o acolhimento/pertencimento e o eco da palavra “obrigada” formaram o cenário do encontro de diversas famílias como a nossa. Encontro que funde famílias, que nos torna uma só, que nos permite entender que somos todos iguais.  

Três anos de rotina solidária. Três anos e o natal de 2017 foi a minha primeira experiêcia fora das quatro paredes de consumo – consciente – da Euzaria. No ponto de encontro, falamos sobre empatia e gratidão. Duas das três palavras que permearam o meu ano. A terceira é graça, que significa oferta ou favor que se oferece ou se recebe de alguém. Falamos também sobre chamado e mudança. Meu coração na mesma frequência daquelas palavras. Sintonia. Já não mais me sentia caloura em um evento beneficente, mas parte de uma família, unida pelo mesmo propósito.  

03

Uma mesa farta e sacos cheios de presentes. Voluntários de coração aberto, dividindo amor e carinho, em um encontro que tinha como maior proposta fazer a diferença! Teve muita dedicação, colo e brincadeira. A ceia foi muito além do prato cheio e o copo de suco/refrigerante/água. A ceia foi além do “Tia, coloca mais um pouquinho de purê…” ou “Tio, consegue uma bola para o meu filho?”. Alimentamos nossos corações e o de outras famílias também. Dividimos alegrias e celebramos a vida juntos, apesar das dificuldades. Celebramos o hoje. Acredito então, que deveríamos dizer que multiplicamos alegrias. 

Empatia, gratidão e graça. As três palavras ainda ecoam meu coração, mas não terminaram o ano apenas como palavras. Através da vontade de mudar, de transbordar, de buscar sentido, decidi ouvir o chamado que desperta meu coração todos os dias, posso afirmar que é divino. Uma vida com propósito te tira da zona de conforto, te transforma e te transborda. O propósito te desperta e te impulsiona a mudar.

Nada melhor do que tornar prática viva tudo aquilo que acreditamos, “Seja a mudança que você quer ver no mundo” é um lembrete diário para ser a ação principal do nosso dia a dia.  

Com amor, gratidão e motivação, Feliz Natal!

Texto escrito pela querida: Julia Lemos

Minha história com a Euzaria – Por Bruna Lins

Publicado em

2017-07-05-PHOTO-00000015

Há um ano, eu comecei a paquerar umas postagens no Instagram. Comecei a seguir a marca e então eu vi a camisa em prol do teto, projeto que flerto há tempos. Parecia um sinal, eu precisava contribuir. 

Entrei no site, acabei escolhendo tbm uma camisa pra o meu sobrinho, no site o estoque tava zerado. 

Entrei no facebook, mandei msg, de pronto, alguém respondeu, atualizei, pode marcar. 

Finalizei a compra, agradeci a esse alguém que muito gentilmente me respondeu: ó corremos e postamos hoje viu?!

Então, começa a saga. Encomenda que não chega. Saga correios que mandou pra o rio, saga correios que manda de volta pra recife, pra depois de uns 20 dias chegar. Saga de uma comunicação linda, de uma prestação de conta linda, de mensagens trocadas. 

Em paralelo, sigo minha vida tentando achar um propósito. Meio inquieta, procuro alguma coisa que faça sentido. 

Eis que chega a Encomeda, ainda perfumada, tudo exatamente lindo, com um cuidado. Desses amores que resistem as sagas. 

Corri, pra então falar com o perfil. 

Chegou!!! E aí, se fala e agradece o carinho e cuidado e que certamente a euzaria tinha conquistado meu coração.  

Mas uma compra e mais troca de mensagens. Eu ganhei um bônus por causa dos correios. Só que acabei comprando sem o vale de desconto. 

Então o Zé falou: vou mandar o dinheiro dentro da caixa. 

Eu falei: não!! Pelo amor deus. Use aí pra comprar água para as ações.

Pronto.

Encomenda chega e pá! Uma caneca, que por alguma razão, tem a mesma frase da minha tatuagem. 

Sinal?

É, também achei que seria. 

Um convite pra ser euzaria em Recife, uma vontade de sair de Recife. Salvador, Bahia, euzaria. 

Foi assim que fui parar na Bahia, vendo Salvador de um jeito muito especial que só essas pessoas podem mostrar. De cara quando cheguei eu já fui parar em um Jantar de Rua e meu coração ficou tãããão preenchido, que toda a saga dos correios fez sentido. 

É algo tão mágico que acontece, é uma troca que dinheiro nenhum quantifica. 

E os abraços, são reais. O acolhimento e pertencimento também. É uma família mesmo. 

Volto pra Recife. Procuro me preencher, encontro uma ONG. Passo a dar aula de arte, entro na faculdade de pedagogia.

O propósito te desperta, te transforma e te deixa inquieto para mudar. 

Foi uma saga, o amor é uma saga e vale a pena sempre.  

  • Artigo escrito por Bruna Lins, cliente/agente/amadora/coração puro, moradora da cidade de Recife-PE.

5 músicas que fazem sentir

Publicado em

Música é como alimento pra alma, e pra tocar a nossa só com boas vibrações, aí vão algumas que nos fazem sentir, tanto, que já foram até trilha sonora para inspirar a criação de estampas, como “Leve-me ao mar” de Saulo, “Só agradece” de Marina Peralta”, e “Luis” de OLiberato, que em parceria com a banda estampamos o trecho “eu só tô tentando ser tudo aqui que não fui ainda” em uma t-shirt edição especial que está em nossos Espaços e loja online. Vem ver! Mas antes, aperta o play!

OLiberato

Luis – OLiberato

Te desejo vida – Flávia Wenceslau

Trem-Bala – Ana Vilela

Só agradece – Marina Peralta

Crer-sendo – Castelo Branco

E vem sempre mais por aí, porque música é coisa que toca. ♥

Lançamento: OLiberato + Euzaria

Publicado em

Lembro do momento exato que ouvimos pela primeira vez a música “Luis”. Foi emocionante. Talvez por ter recordado de tantos Luis que já encontramos, em instituições e ações de rua. Talvez porque Luis represente uma parte íntima de cada um de nós, que apenas tentando ser o que ainda não foi. Porque Luis “retrata o anseio daqueles que precisam ter voz e sentirem-se reconhecidos”, diz OLiberato.

euzaria liberato 04

Era mais um Happy Hour no espaço Euzaria do Shopping Barra, o primeiro com a presença de Igor, ou melhor, OLiberato, que ainda ensaiando “Luis”, compartilhou com a gente a sua história com o guardador de carros que inspirou a composição:

Era um dia qualquer nas ruas de Salvador, e onde Igor costumava estacionar o carro para ir ao estágio, Luis se aproximou, e naquele dia qualquer não pediu um trocado, pediu algo pra comer. Igor disse que não tinha naquele momento, mas que no dia seguinte levaria uma refeição. Dia seguinte, mesmo local, e ao avistar Luis vindo em sua direção, Igor bateu com a mão na testa e disse: “pô Luis, perdão irmão, esqueci de trazer!” Luis respondeu: “já ganhei meu dia, irmão, por você não ter me esquecido… ter lembrado meu nome!”

euzaria liberato

Depois disso, não só lembrou como gravou no coração, no nome e letra da atual música de trabalho, que recentemente foi lançada também em clipe, dirigido por Henrique Alqualo e distribuído em todas as plataformas digitais pela Sony Music Brasil. E pra completar, se transformou num motivo para ir além, estampando uma t-shirt com alma: OLiberato + Euzaria, juntos para gerar valor para mais pessoas e promover a arte-educação através da nossa cultura.

A cada camisa vendida, uma criança carente irá participar de uma oficina de música realizada por OLiberato, que vai usar o seu dom para fazer o bem. Porque se cada um fizer o que sabe fazer de melhor em prol da sociedade, o mundo muda!

E já pode contar os dias, porque é nesse sábado (14), ao som de OLiberato que vamos lançar a nova t-shirt com o trecho da música. Convida os amigos e vem. Esperamos por você! “Luis” também.

IMG_6388

Fotos: Marcelo Moraes (@alemdoter)

Estudos comprovam: Amor > Dinheiro

Publicado em

O nosso propósito está conectado a nossa essência, e a nossa essência é o amor. Por isso a Euzaria nasceu com a intenção de resgatar o valor do ser além do ter, e a partir disso, surgiu a estampa que você já conhece, não sai da cabeça e fazemos questão de levar no peito:  ♥ > $

IMG_6510

E estudos comprovam! Após analisar as respostas de 200 mil participantes no Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos e Austrália, a London School of Economics chegou à conclusão: o amor traz mais felicidade que o dinheiro!

Entre os fatores que influenciam a sensação de bem estar, estão a depressão e ansiedade como os que mais afetam negativamente os participantes, enquanto cultivar uma relação saudável é o que mais aumenta a felicidade! Em uma escala de um a dez, dobrar a renda de alguém eleva sua felicidade em menos de 0,2, enquanto ter um amor, triplica esse número para 0,6.

E isso nos mostra que mais do que estudos apontam, comprovam a importância de juntos, irmos além para continuar gerando valor pra sociedade… valores do ser! Pois o melhor vem mesmo de dentro, e a gente não precisa pagar nada por isso. ♥

Foto: Marcelo Moraes (@alemdoter)