Natal Euzaria

Publicado em

Dia 25/12, 19:30. A ceia já estava na mesa, os presentes escondidos. Parte da família já estava reunida, a outra parte, chegava para começar a celebração. Não teve pinheiro iluminado, ou enfeitado, mas as árvores que rodeavam a praça Marechal Deodoro.  

01

Para a Família Euzaria, é sempre tempo de solidariedade. Essa foi mais uma noite de celebrar o amor ao nosso próximo e a gratidão pela vida! Pelo terceiro ano consecutivo, chegou a noite de fazer a ceia na rua.

02

As luzes que não iluminaram um pinheiro, transbordaram almas em sorrisos verdadeiros. Os abraços reais, o acolhimento/pertencimento e o eco da palavra “obrigada” formaram o cenário do encontro de diversas famílias como a nossa. Encontro que funde famílias, que nos torna uma só, que nos permite entender que somos todos iguais.  

Três anos de rotina solidária. Três anos e o natal de 2017 foi a minha primeira experiêcia fora das quatro paredes de consumo – consciente – da Euzaria. No ponto de encontro, falamos sobre empatia e gratidão. Duas das três palavras que permearam o meu ano. A terceira é graça, que significa oferta ou favor que se oferece ou se recebe de alguém. Falamos também sobre chamado e mudança. Meu coração na mesma frequência daquelas palavras. Sintonia. Já não mais me sentia caloura em um evento beneficente, mas parte de uma família, unida pelo mesmo propósito.  

03

Uma mesa farta e sacos cheios de presentes. Voluntários de coração aberto, dividindo amor e carinho, em um encontro que tinha como maior proposta fazer a diferença! Teve muita dedicação, colo e brincadeira. A ceia foi muito além do prato cheio e o copo de suco/refrigerante/água. A ceia foi além do “Tia, coloca mais um pouquinho de purê…” ou “Tio, consegue uma bola para o meu filho?”. Alimentamos nossos corações e o de outras famílias também. Dividimos alegrias e celebramos a vida juntos, apesar das dificuldades. Celebramos o hoje. Acredito então, que deveríamos dizer que multiplicamos alegrias. 

Empatia, gratidão e graça. As três palavras ainda ecoam meu coração, mas não terminaram o ano apenas como palavras. Através da vontade de mudar, de transbordar, de buscar sentido, decidi ouvir o chamado que desperta meu coração todos os dias, posso afirmar que é divino. Uma vida com propósito te tira da zona de conforto, te transforma e te transborda. O propósito te desperta e te impulsiona a mudar.

Nada melhor do que tornar prática viva tudo aquilo que acreditamos, “Seja a mudança que você quer ver no mundo” é um lembrete diário para ser a ação principal do nosso dia a dia.  

Com amor, gratidão e motivação, Feliz Natal!

Texto escrito pela querida: Julia Lemos

Deixe o coração falar

Os campos com * são essenciais. Mas não se preocupe, seu e-mail não será publicado.